Arquivos do Blog

100 anos de moda em 100 segundos

Olha que videozinha bacana esse! Vi num blog amigo, o “Chata de Galocha“, e amei.

100 anos de moda em um videozinho rápido de 100 segundos – 1 segundo por ano – é bem legal e super criativo.

Deixo meus parabéns para quem teve a ideia, quem fez a música, o figurinista, maquiador, cabelereiro, coreógrafo e principalmente para os dançarinos que devem ter repitido a mesma coreografia umas 100 vezes (no mínimo… rsrs).

 

 

Anúncios

Eu e meu Oxford

Que os sapatos Oxford estão na moda não é nenhuma novidade, afinal, tem deles em toda vitrine por aí. E que vieram do guarda-roupa masculino todo mundo também já sabe.

Dizem que o modelo ganhou esse nome porque virou modinha, (assim como é hoje), na Universidade de Oxford, na Inglaterra do século XVII. E esteve predominantemente no vestuário masculino até recentemente.

A novidade é que agora o calçado está bombando nas vitrines femininas; e o problema é que, por ser algo novo, ainda não temos o hábito de usá-los e a chance de errar na montagem do look acaba aumentando.

Como boa “aprendiz de fashionista” ;), corri para ter o meu. Mas e o medo de errar?

Para não correr esse risco, escrevi para a Ana Vaz – consultora de imagem (já falei dela aqui), e perguntei como usar meu oxford. Ela foi super atenciosa e fez um post no blog dela só para esclarecer a minha dúvida (obrigada Ana!).

O meu oxford é o dourado da foto:

Resumindo, a idéia é quebrar um pouco da masculinidade do sapato deixando o restante do look mais feminino, com uma saia longa, por exemplo. Quem sabe um vestido, como já vi em outros blogs.

Deixo aqui algumas imagens inspiradoras que tenho no computador – e infelizmente já não sei de onde são para dar os devidos créditos – com looks com Oxford.

E pra quem quiser ler o post que a Ana Vaz escreveu esclarecendo minha dúvida, esse é o link.

Pronto meninas, agora não tem mais desculpa pra errar.

 

Cadeira de Leitura : Pequenos Livros – Guia para toda hora

Passeando pelas estantes da Leitura tive uma ótima descoberta, na verdade, um grande achado. São os Pequenos Livros da editora Versus.

Como disse Ana Vaz, uma das autoras da coleção, não se assustem com o tamanho do livro, que apesar de ser pequeno, tem grandes pretensões.

Dentre os títulos que encontrei por lá, os que me interessaram foi o Pequeno Livro de Estilo, o Pequeno livro de Etiqueta, ambos da Ana Vaz, e o Pequeno Livro de Maquiagem, da Paula Espelho.

São livrinhos de bolso, que pretendem ser, como o próprio título diz, guia para toda hora. São dicas valiosíssimas e super úteis que, na prática, mudam nosso olhar em relação ao tema que trata.

Comecei de cara com o de Estilo. Achei perfeitas as dicas da Ana Vaz e até comecei a segui-la no twitter e facebook. É ótimo para a gente começar a ter um pouco mais de noção do que nos cai bem, de acordo com nosso tipo físico; o que usar em cada ocasião e o que não usar.

O de Etiqueta também é muito bom. Nesse ela traz algumas dicas essenciais para o comportamento social, com alguns ensinamentos que eu confesso que não sabia, como o momento adequado para entregar o seu cartão de visitas, ou aquela grande dúvida de como tirar o caroço de azeitona da boca, à mesa.

O Livro da Paula trata de maquiagem: qual a mais adequada para cada formato de rosto, como valorizar seus pontos fortes e disfarçar as imperfeições, o que usar de dia, de noite e quais os produtos mais apropriados para cada tipo de pele.

É claro que os livrinhos vão muito além disso que descrevi e já decidi que nunca mais vou às compras sem carregar o guia de estilo, ou à loja de maquiagem sem o guia da Paula, ou a um evento importante sem revisar o de etiqueta.

A Versus ainda tem mais vários títulos: o Pequeno livro do vinho, o Pequeno livro de destilados, o Pequeno livro de cozinha, o Pequeno livro de cruzeiros, e o Pequeno livro de viagem. Sendo que os três útlimos são meus planos de aquisição – só não quero os outros porque não bebo, mas devem ser um prato cheio para quem aprecia.

Muito boa a ideia da editora Versus. Indico a leitura.

Cadeira Azul – Moda e Estilo para eles

Fazendo um pequeno trocadilho, lanço hoje uma nova cadeira do blog. Já que o rosa apresenta uma ideia predominantemente feminina, deixo o azul como uma alusão aos homens –  sem qualquer tipo de preconceito, já que sou super a favor da permuta de cores entre os gêneros -.

Achei que o Cadeira estava precisando de um toque “unissex”, afinal não temos apenas seguidorAs, temos seguidorEs também. 😉

Agora vamos ao que interessa:

Só eu acho super interessante as vitrines de lojas masculinas? Imaginar o boyfriend, paquera, amigo, irmão, pai, ou aquele cara ideal naqueles looks super fashion?

Desfile Giorgio Armani - Men - verão2012 (Milão)

Vestir bem é para eles também, e as grandes grifes sabem disso. Tudo bem que o foco de desfiles e lojas são as mulheres, até pelo fato de elas comprarem mais e, na maioria das vezes, se importarem mais com isso. Mas isso não quer dizer que eles não ligam para moda, ou que eles não tenham seu espaço.

Desfile Gucci men-verao2012 (Milão)

Pretendo comentar os looks masculinos dos grandes desfiles e da vida real também. E abrir um espaço para ouvir a voz deles também. Sejam bem-vindos ao CR rapazes!

Beleza de verdade – Vogue

Em todos os sites e blogs de moda não se fala de outro assunto: A capa da Vogue Itália de  junho.

A revista de moda mais influente do mundo, revolucionou ao deixar em sua capa modelos lindíssimas – a diferença, é que essas são modelos plus size.

Isso quer dizer que ao invés de modelos anoréxicas ou que ao menos pareçem ser, a Vogue decidiu mostrar que a beleza também está nas curvas.

Capa da Vogue ItáliaAliás, dizer que a beleza está nas curvas não é nenhuma novidade, pois, pelo menos eu, nunca ouvi ninguém dizer que achava bonito aquelas modelos que mais parecem caveiras com silicone.

Aplaudo de pé iniciativas como essa, com o intuito de quebrar barreiras e o tradicionalismo que impõe um padrão de beleza (e magreza) inatingível.

Saem de cena os ossos a mostra, e entram as pernas grossas, o busto avantajado e os quadris largos, qualidades que a propósito são predominantes no biotipo da brasileira.

E as modelos plus size simplesmente arrasam em fotos lindas e sexy, dando de mil nas magricelas por aí.

Esse ensaio da Vogue só veio para reforçar tudo que já tenho notado recentemente na “indústria da moda”. Parece que aos poucos tem surgido um pouco mais de noção nesse meio, acabando com o incentivo à magreza extrema e fortalecendo a imagem da maioria das pessoas normais – que possuem curvas -.

Sinceramente, espero que pequenos passos como esse representem, de fato, um grande avanço na moda mundial. E que a referência de beleza e sensualidade passem a ser imagens como estas.

Quem quiser ver mais fotos e o video do ensaio, só entrar no site da Vogue.

E então, o que vocês acham?

Minas Trend Preview (ou REview)

(Esse post tá mais para “REview”, já que o evento acabou a alguns dias e eu ainda não comentei nada por aqui.)

Aconteceu de 11 a 14 de maio o Minas Trend Preview, que apresenta as tendências da moda para a estação seguinte. Esse de agora apresentava as tendências primavera/verão 2012.

Quem não é de MG, ou até mesmo quem é, talvez não conheça nosso evento de moda.  Numa  explicação beeem superficial, o Minas Trend Preview é um evento de moda que acontece por aqui, do tipo que quer ser Fashion Week “quando crescer”… rsrs

Nas palavras do site oficial:

O Minas Trend Preview é o principal evento de pré-lançamentos já consolidado como um dos maiores acontecimentos de moda e comportamento do país.

 E claro, um importante espaço de geração de negócios. São palestras, desfiles e salão de negócios para lojistas de todo o Brasil, compradores internacionais, jornalistas e formadores de opinião. Conceito inédito no Brasil, o Minas Trend Preview promove a troca de conhecimento, a integração entre profissionais e estimula o crescimento e a organização do setor. O Minas Trend Preview, através da coleção de pré-lançamento, auxilia o lojista e impede a desvalorização das marcas com liquidações prolongadas.

Tudo bem, agora eu retiro as minhas palavras e esclareço que o MTP não é aprendiz de Fashion Week, que tem um conceito diferente e inovador… (!) Enfim, o post é para falar das tendências e aqui vamos nós.

Primeiro quero dizer que não sou crítica de moda, não fiz curso nenhum sobre isso. Sou apenas uma pessoa normal e curiosa, que gosta de pesquisar sobre o assunto, e a minha opinião é de consumidora e admiradora.

Primeiro, o que mais me chamou atenção, foi a invasão das cores frias, como azul, verde e cinza em uma estação que é território predominante das cores quentes.

Uma - Minas Trend Preview - Verão 2012

Uma - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Aysle - Minas Trend Preview - Verão 2012

Aysle - Foto : Agência Fotosite

Chou Chou  - Minas Trend Preview - Verão 2012

Chou Chou - Foto © Agência Fotosite

Apartamento 03 - Foto: © Agência Fotosite

Vivaz - Minas Trend Preview - Verão 2012

Vivaz - Foto:© Agência Fotosite

Vi também MUITOS acessórios, principalmente pulseiras e colares, exageradamente grandes ou em grande quantidade:

Claudia Arbex- Minas Trend Preview - Verão 2012

Claudia Arbex - Foto : Agência Fotosite

Camaleoa - Minas Trend Preview - Verão 2012

Camaleoa - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Mary Design - Minas Trend Preview - Verão 2012

Mary Design - Foto : Agência Fotosite

Blue Banana  - Minas Trend Preview - Verão 2012

Blue Banana - Foto : Agência Fotosite

Estampas super alegres e divertidas, como manda o figurino.

DTA - Minas Trend Preview - Verão 2012

DTA - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Blue Banana - Minas Trend Preview - Verão 2012

Blue Banana - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Alessa - Minas Trend Preview - Verão 2012

Alessa - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Achei bem interessante a proposta das bolsas coloridas:

Rogerio Lima - Minas Trend Preview - Verão 2012

Rogerio Lima - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Minas Trend Preview - Verão 2012

DTA - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Cavalera- Minas Trend Preview - Verão 2012

Cavalera- Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Uma  - Minas Trend Preview - Verão 2012

Uma - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

E por último, mas não menos importante: os pés. Sandálias estampadas (!) apareceram em vários desfiles. Será que é só para apresentação, apenas algo conceitual, ou tendência para a vida real?

DTA  - Minas Trend Preview - Verão 2012

DTA - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Blue Banana  - Minas Trend Preview - Verão 2012

Blue Banana - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Chicletes com Guarana  - Minas Trend Preview - Verão 2012

Chicletes com Guarana - Minas Trend Preview - Verão 2012 Foto : Agência Fotosite

Tem mais fotos do MTP aqui no Flickr namídia.

E aí, o que vocês acharam dos desfiles e das tendências Minas Trend? Eu até senti vontade de usar algumas coisas, na verdade quase tudo. Só não sei bem sobre isso de estampas nos calçados. Espero que seja, de fato, coisa de desfile. Só eu penso assim?

Pena que o verão ainda está longe, e os termômetros nos levam a procurar lãs e cachecóis por agora. Mas a gente chega lá 😉

Cadeira de Estilo – The perfect 10

Já falei da lista dos 10 ítens indispensáveis do Tim Gunn aqui. Agora o site net-a-porter.com deixou em sua revista online uma lista dos 10 ítens perfeitos.

Com algumas diferenças da lista do Tim, a lista do net-a-porter inclui bolsas e lingiries para estruturar o corpo.

As peças são ótimas inspirações, mas os precinhos não são nada inspiradores – para pessoas normais -. Se seu cartão de crédito não tem problema de limite corra pra comprar! Mas se você é como a maioria dos mortais, observe as tendências e procure algo nas lojas a que tem acesso, afinal, moda não é só para os ricos! 😉

Cadeira de Estilo – Tim Gunn: guia de estilo

Estreando mais uma seção do blog, a Cadeira de Estilo.

E pra estrear “em grande estilo”, fazendo jus ao nome, quero falar do meu maior “ídolo” em se tratando do “vestir”: TIM GUNN

Com seu jeito de gentleman, Tim sabe muito bem como ser direto e educado, como criticar sem ser rude!

Alguns (que tem acesso aos canais pagos) conhecem o Tim de Project Runway, reality show de estilistas. Outros conhecem do seu programa Tim Gunn: guru de estilo. Outros nunca ouviram falar do homem.

Pra quem nunca ouviu falar, vai aqui uma breve introdução:

Tim Gunn é diretor de criação da Liz Claiborne Inc, empresa onde trabalha desde março de 2007. Antes disso, dirigiu uma cátedra do departamento de design de moda na prestigiada escola Parsons, onde lecionou durante 29 anos anos e atuou como vice-reitor.

(fonte:discoverybrasil.com/homeandhealth)


Na verdade, me apaixonei pelo seu programa, que tem um “q” de “Esquadrão da Moda” pela proposta de renovar o guarda-roupa de alguém. Mas a diferença é que o Tim te ensina a avaliar suas próprias roupas e não vai te agredir rasgando nenhuma na sua frente. Ele coloca a participante em uma espécie de scaner coproral, para que ela tenha noção do prórpio corpo, leva a participante a um estilista famosíssimo, que faz qualquer mulher se sentir uma diva, e no fim, sempre dá um presentinho carregado de significado!

Além disso, sempre tem uma colaboradora (eu prefiro a temporada com a Gretta – da foto) que entende as mulheres e sempre ajuda na parte de renovação das lingeries. Isso mesmo, renovação até das lingeires, porque o Tim ensina que nenhuma roupa vai vestir bem se a lingerie em baixo não estiver adequada.

Agora cheguei na melhor parte: as dicas do Tim Gunn! Ou melhor, os princípios dele.

Tim diz que para se vestir bem, deve-se observar três pricípios: Proporção, Caimento e Silhueta. (Resumindo: tenha noção do seu corpo, não insista em tentar vestir peças que não são do seu tamanho e observe como as roupas ficam em você).

E o segredo mais precioso, que se tem no progrma: os 10 itens fundamentais para um bom guarda-roupa feminino:

Basic black dress – O pretinho básico

Trench coat – “sobretudo”

Classic dress pants – calça clássica preta

Classic white shirt – camisa branca clássica

Skirt – saia (versátil)

Top – uma blusa que sirva pra tudo (por ex, que você possa usar debaixo de terninho ou blazer)

Day dress – vestido para o dia

Jacket – Uma jaqueta com um bom corte, ou um bom blazer… Algumas fontes trazem “cashmere sweater”

Jeans – um bom par de jeans, com bom corte

A comfortable sweatsuit alternative – traduzir como “moletom alternativo” é terrível. Acho que ele quer dizer uma peça básica, simples mas que não seja das que você usa em casa. Inclusive, ele já sugeriu um vestidinho como “alternative to a sweatisuit”

Pra completar, um ítem bônus que esteja na moda e você queira/possa usar.

Impressionante como, de fato, essas são as peças básicas de qualquer guarda-roupa. Pra mim, o assustador é perceber que, nem sempre, temos todas. (!)

Eu ainda estou montando meu “guarda-roupa Tim Gunn”, tentando achar as peças ideais. O bom, é que são peças atemporais, que não vão sair de moda e vão deixar você sempre bem vestida.

CLARO que ele não quer que você tenha SÓ isso no seu closet, mas este deve ser o começo.

A base para o programa foi seu livro Tim Gunn: A guide to Quality, Taste & Style. Infelizmente, não tem tradução para o portugês e não chegou aqui no Brasil 😦

[Meu niver tá chegando, se alguém quiser pode me dar de presente… 😉 ]

Bom, o programa “Tim Gunn: guide to style” costumava passar na Discovery Home & Health às 4as-feiras as 19h, com reprises na 5a. Porém, não sei porquê, parece que a Discovery resolveu tirar o Tim da programação e tem deixado seus programas nas madrugadas de 4a pra 5a (Revoltante!). Ainda assim, é possível encontrar alguns episódios na internet e algumas entrevistas interessantes.

Agora é só pegar as dicas e aplicar.

Make it work!

Beijos