Arquivos do Blog

Esmaltes – Meu primeiro Dior

Risqué, Colorama, Impala, marcas de esmaltes para pessoas normais como eu, e que eu adoro. Vivo de olho nas novas coleções, lançamentos e novidades nail fashion… rsrs.

Mas que mulher nunca sonhou em comprar um bom esmalte de marca, como o famoso Jade da Chanel?

O problema é que além do precinho nada amigo, encontrar as benditas cores-tendência é um verdadeiro desafio.

Ainda não tenho o meu Jade, nem o Particulière, que a algum tempo atrás se tornou o sucessor dele como queridinho do mundo da moda e dos blogs.

Esmaltes gringos… É o mundo das grifes fora até do ao alcance das nossas mãos… 😉

Maasss, apesar da vida real ser regada a marcas nacionais, o dia que quero me sentir poderosa, eu uso o mais importado dos esmaltes que tenho em casa: o 886 – “AZTEC CHOCOLATE” – da linha “Dior Vernis”.

Adoro a cor! É meio difícil explicar o tom, talvez um “marrom-grafite”.

No vidrinho você diz que é um cintilante marrom, nas mãos tem hora que parece ser grafite. Lindíssimo.

Numa produção mais neutra, como preto, ou nude, ele dá um show à parte.

Apesar da foto com flash ter ficado ruim, deixo aqui para vocês verem a diferença na luz:

Mas aqui eu deixo minha decepção: durabilidade curta – igual a das marcas nacionais (quiçá, menor).

Mas nem por isso ele deixa de ser ótimo. Super recomendo.

Querida Dior, seus produtinhos são galmourosos, chics e caros; que tal investir numa durabilidade à altura?

Anúncios

Cadeira de beleza – Novidades Risqué

Que a Risqué traz novidades em esmaltes todo mundo sabe, mas o que nem todo mundo sabe é que ela está indo além das unhas e alcançando novos horizontes.

A edição especial da Risqué “Penélope Charmosa” que já fez a cabeça (ou melhor, as mãos) de todas a mulheres inovou e trouxe uma sublinha novíssima de maquiagens.

Isso mesmo, a Risqué está invadindo o mercado dos makes, mas ainda só para os lábios. A nova linha engloba 4 tons de batons, 2 de brilhos e 1 de iluminador labial.

Ainda não testei e nem achei para comprar, mas quero muito experimentar.

Quem sabe a Risqué não lê esse post e me manda pra eu poder dar a opinião pra vocês? 😉